domingo, 30 de junho de 2013

QUADRILHA CAMPEÃ DO ARRAIÁ NA SERRA 2013

PARABÉNS CHICO MANTEIGA




ARRAIÁ NA SERRA 2013

      A noite de ontem (29) foi simplesmente sensacional e por que não dizer, um verdadeiro show. O já tradicional ARRAIÁ DO MANTEIGÃO, organizado pelo inigualável "Chico Manteiga", nos presenteou com muita alegria, garra e determinação, a maior festa junina de todos os tempos realizada aqui na Serra de Martins.

   Realmente São Pedro colaborou com a noite de ontem não permitindo (como alguns queriam) que a chuva ofuscasse o brilho de cada integrante daquela deslumbrante quadrilha matuta.

      Martins, cidade serrana do auto-oeste potiguar, mais uma vez está de parabéns pois com o apoio da Prefeitura Municipal na pessoa da Srª Olga Fernandes, proporcionou a todos, martinenses e visitantes, mais um maravilhoso evento tornando assim a nossa cidade mais e mais conhecida e bem conceituada em todo o Rio Grande do Norte.

       Parabéns a toda equipe que tanto tem se esforçado para manter a nossa cidade sempre em sintonia com cada martinense. Um parabéns especial à Prefeita Olga Fernandes que vem demonstrando a todos uma enorme capacidade de se governar uma cidade com muito zelo, visando sempre um futuro melhor para todos os habitantes dessa maravilhosa serra. Martins/RN só tem a agradecer. 

Se os festejos juninos desse ano superaram todas as expectativas, ficaremos na torcida para que no próximo ano seja ainda melhor.

    Parabéns a todas as quadrilhas que fizeram parte dos festejos juninos do ARRAIÁ DA SERRA 2013 e em especial a quadrilha junina do bairro Jacu que, por acontecimentos alheios à nossa vontade não puderam nos dar a honra de, junto às demais quadrilhas, abrilhantar e engrandecer ainda mais essa grande festa já tão conhecida em toda região do nosso estado.

A seguir, algumas fotos do ARRAIÁ DO MANTEIGÃO, NO TERREIRO DA FAZENDA:







 










    Se Deus assim nos permitir, esperamos contar com a participação de todos no ARRAIÁ DA SERRA 2014.
ATÉ LÁ.

sexta-feira, 28 de junho de 2013

ABONO SALARIAL

Termina nesta sexta o prazo para saque do abono salarial anual

Imagem/Google
Os trabalhadores que recebem até dois salários mínimos (aproximadamente R$ 1,3 mil) têm até hoje (28) para retirar o abono salarial (R$ 678) referente a 2012/2013. De acordo com o último balanço divulgado pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), 1.070.848 trabalhadores ainda não sacaram o benefício, referente ao período 2012/2013. No total, cerca de 20,7 milhões de trabalhadores têm o direito de receber o benefício. Estima-se que tenham sido gastos mais de R$ 11,5 milhões do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT) com os pagamentos em 2012.

Os requisitos para ter direito ao abono são: rendimento mensal até dois salários mínimos, informações cadastradas atualizadas na Relação Anual de Informações Sociais (Rais), cadastro no Programa de Integração Social (PIS) ou no Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) há pelo menos cinco anos; além de ter carteira assinada ou ter sido nomeado para cargo público durante, pelo menos, 30 dias no ano em questão.

Para sacar o abono, o trabalhador deve ir às agências da Caixa Econômica Federal (no caso do PIS) ou do Banco do Brasil (no caso do Pasep) com um documento de identificação com foto e número de cadastro no programa. Quem tem o Cartão Cidadão e senha cadastrada também pode sacar o valor em caixas eletrônicos, lotéricas ou postos do Caixa Aqui.

FONTE
Logo

quinta-feira, 27 de junho de 2013

ASSALTO EM MARTINS/RN

PLANTÃO POLICIAL: AGÊNCIA DOS CORREIOS DE MARTINS FOI ASSALTADA HÁ POUCOS INSTANTES

Informações repassadas ao blog dão conta que há poucos instantes a agência dos Correios da cidade de Martins foi assaltada por dois elementos armados.
 
Segundo informações, os assaltantes que estavam utilizando capacetes, chegaram a agência numa moto que foi tomada de assalto dias atrás nas proximidades do campo de pouso de Martins. No momento da fuga a moto não funcionou e os elementos abordaram uma pessoa que passava em frente aos Correios, tomando a moto de assalto e fugindo em seguida.
 
A informação é que houve perseguição policial e os elementos abandonaram a moto próximo a lagoa da cidade e adentraram no matagal a pé. 

A Polícia Militar de Martins e da região está nesse momento em diligências no intuito de capturar os meliantes.

O blog foi informado que pela rota de fuga, os assaltantes podem alcançar a rodovia 117 que dá acesso a cidade de Martins ou chegar a estradas vicinais da região, por essa razão é bom que as pessoas que necessitem trafegar na região, principalmente em motos, que tomem bastante cuidado, pois os malévolos poderão tentar tomar um veículo de assalto para dar continuidade a fuga.


FONTE

PROIBIDO O EXERCÍCIO DE POLICIAIS MILITARES EM DELEGACIAS

TJ acata recurso do Ministério Público e impede exercício de policiais militares em delegacia

Desembargador Saraiva Sobrinho, 
presidente do Tribunal de Justiça
 do Rio Grande do Norte
O desembargador Saraiva Sobrinho, do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJ/RN), deferiu ontem (26), o efeito suspensivo no Agravo de Instrumento n° 2013.009700-3 interposto pelo Ministério Público Estadual contra decisão do Juízo de Vara Única da Comarca de São Miguel que deferiu liminar para o Estado lotar novamente policiais militares que prestavam serviço na Delegacia Regional no município até a convocação de policiais civis concursados ou remanejados do próprio quadro.

Segundo informações repassadas pelo TJ, a decisão do desembargador é para cumprimento imediato, suspendendo decisão do juiz de primeira instância que deferiu liminar na Ação Popular n° 0100364-89.2013. 8.20. 0131 para determinar o retorno de PMs às delegacias, a fim de exercerem atividades de polícia judiciária e de investigação criminal, próprias de policiais civis.

Para o desembargador a grave situação da falta de estrutura na Segurança Pública do Estado e a conjuntura descrita pelo autor na ação popular em seu município, o tema já foi abordado pelo TJ, quando da homologação de acordo entre o Sindicato dos Policiais Civis e Servidores da Segurança Pública (Sinpol) e o Estado, com interveniência do MP, para retirada dos policiais militares e pessoas estranhas ao quadro efetivo da Polícia Civil, de todas as delegacias.

O MP entre outras razões justificou que a decisão do juízo de São Miguel além do referido acordo homologado desconsiderou também efeitos vinculantes da decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), em Ação Direta de Inconstitucionalidade ADIN 3441/RN, com trânsito em julgado, que declarou a inconstitucionalidade do desvio de função de PMs, assentando entendimento de que policiais militares não podem realizar funções de polícia judiciária.



FONTE: REDAÇÃO DO

MAIS MANIFESTAÇÃO EM NATAL/RN

PM usará policiais infiltrados durante protesto em Natal

Imagem/Arquivo Blog "naserra"
Policiais Militares à paisana serão infiltrados no meio dos integrantes do movimento revolta do busão, que tem nova manifestação marcada para esta sexta em Natal. A concentração da vez será na Praça Cívica, em Petrópolis, Zona Leste de Natal. O objetivo de utilizar PMs de forma velada, segundo o Coronel Francisco Canindé Araújo Silva, comandante da Polícia Militar do estado, é para ajudar na identificação de vândalos que venham a tumultuar os protestos.

"Estamos esperando uma manifestação pacífica e ordeira. Esses policiais serão usados apenas para identificar possíveis baderneiros que porventura se infiltrem no meio dos reais protestantes. Se esse grupo for notado, o policial entrará em contato com a Central e uma equipe será enviada ao local para inibir possíveis atos de vandalismo", disse o Coronel.

Ainda segundo Araújo, cerca de 300 policiais serão usados durante o protesto. A segurança de prédios públicos será reforçada, na tentativa de evitar invasões ou depredações. O policiamento na região será feito por policiais do 1º Batalhão, da Rocam e da Cavalaria. Além disso, o Batalhão de Choque ficará de sobreaviso. "Espero que eles não precisem entrar em ação. Mais uma vez reforço que estamos esperando um protesto legítimo, sem violência e vandalismo", informou Araújo.

Lojas

O manifesto do movimento #RevoltadobusãoNatal programado para esta sexta-feira(28), a partir das 15h, na Praça Cívica, no bairro de Petrópolis, Zona Leste de Natal, levou a Câmara dos Dirigentes Lojistas de Natal(CDL) a orientar as lojas e comércios da região a fecharem suas portas por medida de precaução. Mesma medida foi adotada pelo Fecomércio, que orientou os empresários a fecharem suas portas às 14h.

Segundo a assessoria de imprensa da CDL Natal, não existe nenhuma relação de repúdio ao manifesto, contudo, diante da incerteza de estimativa quanto ao número de participantes do protesto, o temor por ações de vândalos infiltrados no local, principalmente, tomando por exemplo as depredações no Shopping Midway Mall no dia 20, obrigam o grupo a tal medida. A CDL, inclusive, orienta os lojistas a usarem tapumes para proteção de vidraças.

Movimento

O movimento #Revoltadobusão, iniciado no ano passado, contestando o aumento no preço da tarifa de transporte coletivo em Natal e reivindicando melhorias na qualidade no serviço de transporte, e apontada como percursora dos manifestos que tomaram conta do país na última semana, confirmou para esta sexta-feira (28), a partir das 15h, mais um ato público, dessa vez, na Praça Cívica, no bairro de Petrópolis, Zona Leste de Natal.

Após a revogação do valor da tarifa de ônibus na capital potiguar, que passou a custar R$ 2.20 desde esse domingo (23), a queda da PEC 37, na noite dessa terça-feira, e, no mesmo dia, a confirmação dos royalties do petróleo, 75% para educação e 25% para saúde, os manifestantes pretendem chamar a atenção dos políticos para outros temas em pauta, como o Ato Médico, insegurança e ações contra a corrupção.



Por Carlos Araújo/Da redação Natal


FONTE

terça-feira, 25 de junho de 2013

PESQUISA IBOPE SOBRE OS MANIFESTANTES

Veja pesquisa completa do Ibope sobre os manifestantes

Fantástico mostrou quem são e o que querem os que saíram às ruas.
Transporte e política são razões principais apontadas por eles.

Imagem/Google
Uma pesquisa nacional feita pelo Ibope, com exclusividade para o Fantástico, revela quem são e o que querem os manifestantes que ocuparam as ruas do Brasil.

Os principais números da pesquisa foram mostrado no Fantástico de domingo (23), em quatro reportagens:






Leia a seguir os resultados completos e mais informações sobre a pesquisa:

A pesquisa foi feita nas capitais de sete estados (SP, RJ, MG, RS, PE, CE, BA) e em Brasília na quinta-feira, dia 20. Foram entrevistados 2002 manifestantes com 14 anos ou mais, com margem de erro de 2 pontos percentuais para mais ou para menos.

Segundo o Ibope, as entrevistas foram feitas por uma equipe de entrevistadores treinada para abordagem deste tipo de público.

A principal pergunta, sobre as razões das manifestações, teve respostas espontâneas. Ou seja, os pesquisadores não indicaram alternativas a serem respondidas. Os manifestantes entrevistados citaram três reivindicações para estarem nos protestos e os dados foram tabulados de duas formas: considerando apenas a primeira resposta e levando em conta as três dadas.

1- RAZÕES DAS MANIFESTAÇÕES (apenas a 1ª razão dada)

Quais são as reivindicações que levaram você a participar das manifestações? Sendo considerada apenas a primeira resposta dada:

TRANSPORTE PÚBLICO: 37,6%
- Contra o aumento/ a favor da redução: 27,8%
- Precariedade/ a favor da melhoria do sistema: 7,7%
- Aumento de veículos/ frotas: 1,0%
- Desconforto na viagem: 0,9%
- Passe livre para estudantes/ desempregados: 0,3%

AMBIENTE POLÍTICO: 29,9%
- Contra a corrupção/ desvios de dinheiro público: 24,2%
- Necessidade de mudança: 2,1%
- Insatisfação com governantes em geral: 1,9%
- Insatisfação com políticos em geral: 1,1%
- Contra partidos/ sistema partidários/ brigas partidárias: 0,1%
- Saída de Renan Calheiros: 0,1%
- Contra o Deputado Marco Feliciano/ Contra o projeto Cura Gay: 0,4%
- Fim da impunidade dos políticos/ fim do fórum privilegiado/ ficha limpa: 0,1%

GASTOS COM A COPA DO MUNDO/ DAS CONFEDERAÇÕES: 4,5%
- Desvios de dinheiro: 1,6%
- Gastos acima do orçamento: 1,2%
- Dinheiro que poderia ser gasto com outras coisas mais importantes: 1,8%

SAÚDE: 12,1%
- Melhorias/ Assuntos relacionados à Saúde: 12,2%
- Contra o Ato Médico: 0,0%

REAÇÃO À AÇÃO VIOLENTA DA POLÍCIA: 1,3%
- Contra à ação violenta da polícia: 0,8%
- Em apoio ao movimento: 0,2%
- Pelo direito de reinvindicação: 0,2%

JUSTIÇA/ SEGURANÇA PÚBLICA: 1,3%
- Por melhorias/ Assuntos relacionados à Segurança Pública: 1,1%
- Melhorias na justiça/ Mudanças no código penal: 0,1%
- Contra a violência s/e: 0,1%

EDUCAÇÃO: 5,3%
- Melhorias/ Assuntos relacionados à Educação: 5,3%

CONTRA A PEC 37: 5,5%

POR DIREITOS E DEMOCRACIA: 0,6%
- Luta por um país melhor: 0,4%
- Justiça Social/ Igualdade/ Contra a Desigualdade Social: 0,1%
- Respeito a cidadania/ Direito a cidade: 0,1%

ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA: 0,8%
- Pela redução de impostos/ Reforma tributária: 0,5%
- Contra o aumento da inflação: 0,2%
- Por licitações públicas transparentes: 0,1%
- Falta de investimentos no país/ falta de infraestrutura das cidades: 0,0%

OUTRAS CAUSAS ESPECÍFICAS COM MENOS DE 1%: 0,8%
- Falta de ciclovias: 0,1%
- Melhorias/ Assuntos relacionados à moradia: 0,1%
- Luta pelos direitos indígenas: 0,1%
- Luta contra o preconceito/ Racismo: 0,1%
- Aumento de salários/ Salário dos aposentados/ professores: 0,2%
- Luta contra o capitalismo: 0,1%
- Pela ideologia de esquerda: 0,1%
- Contra o Controlar: 0,1%

NENHUM: 0,1%
NÃO RESPONDEU: 0,2%


2- RAZÕES DAS MANIFESTAÇÕES (soma das 3 razões)

Quais são as reivindicações que levaram você a participar das manifestações? Quando somadas as três razões indicadas pelos manifestantes para estarem nos protestos:

TRANSPORTE PÚBLICO: 53,7%
- Contra o aumento/ a favor da redução: 40,5%
- Precariedade/ a favor da melhoria do sistema: 14,0%
- Aumento de veículos/ frotas: 4,3%
- Desconforto na viagem: 3,6%
- Mais transparência na área de transporte público: 0,1%
- Passe livre para estudantes/ desempregados: 0,5%

AMBIENTE POLÍTICO: 65,0%
- Contra a corrupção/ desvios de dinheiro público: 49,0%
- Necessidade de mudança: 11,4%
- Insatisfação com governantes em geral: 9,9%
- Insatisfação com políticos em geral: 7,8%
- Contra partidos/ sistema partidários/ brigas partidárias: 0,2%
- Saída de Renan Calheiros: 0,8%
- Contra o Deputado Marco Feliciano/ Contra o projeto Cura Gay: 1,8%
- Fim da impunidade dos políticos/ fim do fórum privilegiado/ ficha limpa: 0,4%
- Contra o salário dos políticos: 0,4%
- Mensalão/ Reivindicar prisão dos condenados: 0,5%
- Voto secreto: 0,0%

GASTOS COM A COPA DO MUNDO/ DAS CONFEDERAÇÕES: 30,9%
- Desvios de dinheiro: 13,8%
- Gastos acima do orçamento: 7,7%
- Dinheiro que poderia ser gasto com outras coisas mais importantes: 12,4%
- Contra a Copa: 0,2%

SAÚDE: 36,7%
- Melhorias/ Assuntos relacionados à Saúde: 36,6%
- Contra o Ato Médico: 0,2%

REAÇÃO À AÇÃO VIOLENTA DA POLÍCIA: 4,1%
- Contra à ação violenta da polícia: 3,0%
- Em apoio ao movimento: 0,3%
- Pelo direito de reinvindicação: 0,8%
- Contra abuso de autoridades: 0,1%

JUSTIÇA/ SEGURANÇA PÚBLICA: 10,2%
- Por melhorias/ Assuntos relacionados à Segurança Pública: 9,5%
- Melhorias na justiça/ Mudanças no código penal: 0,7%
- Contra a violência s/e: 0,1%
- Contra o sistema carcerário: 0,0%

EDUCAÇÃO: 29,8%
- Melhorias/ Assuntos relacionados à Educação: 29,9%

CONTRA A PEC 37: 11,9%

POR DIREITOS E DEMOCRACIA: 1,8%
- Luta por um país melhor: 0,6%
- Justiça Social/ Igualdade/ Contra a Desigualdade Social: 0,8%
- Respeito a cidadania/ Direito a cidade: 0,5%
- Luta pela democracia: 0,1%

ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA: 2,9%
- Pela redução de impostos/ Reforma tributária: 1,6%
- Contra o aumento da inflação: 0,6%
- Por licitações públicas transparentes: 0,1%
- Falta de investimentos no país/ falta de infraestrutura das cidades: 0,4%
- Contra o descaso no serviço público: 0,1%
- Contra a máquina estatal: 0,2%

OUTRAS CAUSAS ESPECÍFICAS COM MENOS DE 1%: 2,7%
- Falta de ciclovias: 0,1%
- Melhorias/ Assuntos relacionados à moradia: 0,3%
- Luta pelos direitos indígenas: 0,1%
- Luta contra o preconceito/ Racismo: 0,6%
- Aumento de salários/ Salário dos aposentados/ professores: 0,8%
- Liberação da maconha/ Apoio à PL 7663: 0,1%
- Melhorias/ assuntos relacionados ao meio ambiente/ Sustentabilidade: 0,2%
- Luta pela Reforma agrária: 0,0%
- Luta contra o capitalismo: 0,1%
- Solucionar problema da seca: 0,0%
- Pela ideologia de esquerda: 0,1%
- Contra o Controlar: 0,1%
- Contra Privatizações: 0,1%
- Para tirar religiosos do Congresso: 0,0%
- Diminuição do desemprego: 0,1%
- Contra as leis do aborto: 0,1%

NENHUM: 0,1%

NÃO RESPONDEU: 0,2%


3- PERFIL DOS ENTREVISTADOS

Sexo:
- Masculino: 50%
- Feminino: 50%

Idade:
- 14 a 24 anos: 43%
- 25 a 29 anos: 20%
- 30 a 39 anos: 18%
- 40 ou mais anos: 19%

Escolaridade:
- Até colegial iniciado: 8%
- Colegial completo ou ensino superior iniciado: 49%
- Superior completo: 43%

Em relação à renda:
- 15% têm renda familiar até 2 salários mínimos;
- 30% têm renda familiar acima de 2 até 5 salários mínimos;
- 26% têm renda familiar acima de 5 até 10 salários mínimos;
- 23% têm renda familiar acima de 10 salários mínimos;
- 6% não responderam.

Em relação à função remunerada:
- 76% trabalham;
- 24% não trabalham.
- 52% estudam;
- 48% não estudam.


4- PARTICIPAÇÃO EM OUTRAS MANIFESTAÇÕES

E antes dessas manifestações iniciadas no começo do mês de junho, você já tinha participado de alguma outra manifestação de rua?
- Sim: 54%
- Não: 46%


5- COMO SOUBE

Como você soube da manifestação de quinta (20):
- Amigos e colegas: 28%
- Base do movimento: 3%
- Facebook: 62%
- Familiares: 3%
- Internet - outros meios: 29%
- Jornais impressos: 4%
- Jornais online: 3%
- Radio: 4%
- TV: 14%
- Twitter: 1%


6- COMO SE MOBILIZOU

Você se mobilizou para as manifestações através das redes sociais como facebook e twitter?
- Facebook: 77%
- Twitter: 1%
- Os dois: 8%
- Não se mobilizou através de redes: 13%

Você utilizou alguma rede social para convocar outras pessoas para esta manifestação?
- Sim: 75%
- Não: 25%

Você veio sozinho ou acompanhado a esta manifestação? Por quem?
- Namorado(a); Marido/ Mulher: 11%
- Amigo ou colega: 65%
- Filho (s): 4%
- Pai/Mãe: 2%
- Irmão ou outros parentes: 8%
- Veio sozinho: 22%


7- ATUAÇÃO DA POLÍCIA

E pensando na atuação da polícia para conter as manifestações, você diria que de modo geral a polícia:
- Agiu com muita violência: 57%
- Com violência, mas sem exageros: 24%
- Agiu sem violência: 15%
- Não sabe/ Não respondeu: 4%


8- DEPREDAÇÕES

Qual destas frases melhor representa a sua opinião em relação a depredações de bens públicos e privados em manifestações?
- As depredações são sempre justificadas em uma manifestação, independente das circunstâncias: 5%
- As depredações são justificadas somente em certas circunstâncias: 28%
- As depredações nunca são justificadas, independente das circunstâncias de um protesto: 66%
- Não sabe: 1%


9 - RESULTADOS DOS PROTESTOS

Você acha que essas manifestações vão conseguir promover as mudanças que você reivindica?
- Sim: 94%
- Não: 6%


10 - QUEM DEVE PAGA A REDUÇÃO DAS TARIFAS

A redução de tarifas de transportes exigirá dinheiro de algum lugar para pagar os custos. Quem você acha que deve pagar essa conta: o governo ou os empresários?
- O Governo: 46%
- Os empresários: 29%
- Os dois: 21%
- Nenhum dos dois: 3%
- Não sabe: 1%


11 - O QUE FARIA ALÉM DE PROTESTAR

Os protestos são um alerta sobre os descontentamentos da população. Além de protestos, o que mais você faria para mudar isso?
- Não votaria em candidato corrupto: 82%
- Entraria na Justiça: 11%
- Faria boicotes contra os preços elevados: 32%
- Nenhuma destas opções: 4%
- Não sabe: 1%


12 - POLÍTICA

Quando se trata de política, você diria que tem:
- Muito interesse: 61%
- Interesse médio: 28%
- Pouco interesse: 6%
- Nenhum interesse: 5%
- Não sabe/ Não respondeu: 0%

Você se sente representado por algum político brasileiro?
- Sim: 17%
- Não: 83%

Você acha que algum partido político representa você?
- Sim: 11%
- Não: 89%

Você é filiado a algum partido político?
- Sim: 4%
- Não: 96%

Você é filiado a algum sindicato, entidade de classe ou entidade estudantil?
- Sim: 14%
- Não: 86%

Você votou nas eleições de 2012?
- Sim: 80%
- Não: 19%
- Não lembra se votou: 1%

Você se lembra em quem votou para Prefeito em 2012?
- Sim: 91%
- Não: 9%

Você votou nas eleições de 2010?
- Sim: 73%
- Não: 26%
- Não lembra se votou: 1%

Você se lembra em quem votou para Governador em 2010?
- Sim: 89%
- Não: 11%

Você se lembra em quem votou para Presidente em 2010?
- Sim: 95%
- Não: 5%

FONTE
Do G1, em São Paulo

SISU 2013

Prazo para matrícula no Sisu termina hoje




Brasília - Os candidatos selecionados na primeira chamada do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) têm até hoje (25) para fazer a matrícula nas instituições de ensino. O estudante que perder o prazo, perde a vaga. O resultado da edição de inverno do Sisu foi divulgado no último dia 17 e está disponível no site do programa.

O estudante deve verificar, na instituição de ensino que o convocou, o local, horário e os procedimentos para a matrícula. Os aprovados nessa primeira chamada com base na primeira opção de curso serão automaticamente retirados do sistema.

O Sisu foi desenvolvido pelo Ministério da Educação para selecionar os candidatos às vagas das instituições públicas de ensino superior, a partir da nota no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). A seleção é feita pelo sistema com base na nota obtida pelo candidato.

Os selecionados para a segunda opção de curso ou que não atingirem a nota mínima em nenhum dos dois cursos escolhidos podem permanecer no sistema e aguardar a segunda chamada, em 1º de julho. A matrícula da segunda chamada será feita nos dias 5, 8 e 9 do mesmo mês.

Os estudantes que não forem convocados em nenhuma das chamadas podem entrar na lista de espera entre os dias 1º e 12 de julho. Esses candidatos serão convocados a partir do dia 17, caso haja vaga não preenchida.

Esta edição do Sisu teve 788.819 estudantes inscritos. Foram oferecidas 39.724 vagas em 54 instituições públicas de ensino superior.

Mariana Tokarnia
Repórter da Agência Brasil


FONTE






Edição: Graça Adjuto

CONTINUA A SUSPENÇÃO DA TELEXFREE

Desembargador mantém decisão que suspende Telexfree em todo país

Imagem/Google
O desembargador do Tribunal de Justiça do Acre Samoel Evangelista decidiu, na tarde desta segunda-feira (24) indeferir o agravo de instrumento dos advogados da Telexfree e manteve a liminar que proíbe os pagamentos e novas adesões à empresa de marketing multinível. A medida também mantém o bloqueio às contas dos sócios administradores e é válida para todo o território nacional.

A empresa é suspeita de operar um esquema de pirâmide financeira sob o disfarce de atuar no ramo de marketing multinível. De acordo com a assessoria do TJ/AC, como a decisão foi analisada apenas pelo relator do processo, os advogados da empresa possuem prazo de cinco dias para ingressar com recurso de agravo interno na Câmara Cível para ser analisado pelo pleno do Tribunal. Eles podem ainda, no mesmo prazo, entrar com embargo de declaração, que é quando os advogados entendem que a decisão não ficou clara.


FONTE












VIA

segunda-feira, 24 de junho de 2013

COPA DAS CONFEDERAÇÕES 2013

Espanha e Uruguai enfrentarão Itália e Brasil nas semifinais




Brasília – A primeira fase da Copa das Confederações terminou ontem (23) com as vitórias da Espanha por 3 a 0 contra a Nigéria e do Uruguai por 8 a 0 sobre a seleção do Taiti. Com os resultados, o Uruguai garantiu o segundo lugar do Grupo B e enfrentará o Brasil pela semifinal, na quarta-feira (26), em Belo Horizonte. A Espanha, com vitórias nos três jogos que disputou, vai enfrentar a Itália, segundo lugar do Grupo A, em Fortaleza, na quinta-feira (27).

Com um gol do lateral Jordi Alba aos três minutos da partida, a favorita Espanha enfrentou dificuldades contra a Nigéria até os 17 minutos do segundo tempo, quando o atacante Fernando Torres, que acabara de entrar em campo, marcou o segundo. A equipe africana ainda teve oportunidades claras de gol, mas não marcou e quase no fim, aos 43 minutos do segundo tempo, levou o terceiro gol.

O Uruguai, que precisava apenas de uma vitória simples caso a Espanha vencesse a Nigéria, foi para cima do Taiti, equipe com apenas um atleta profissional, e marcou oito gols, quatro gols em cada tempo da partida.

As duas equipes que vencerem os jogos da semi-final decidirão o título da Copa das Confederações no próximo domingo (30), no Maracanã, no Rio de Janeiro. A disputa de terceiro lugar acontecerá no mesmo dia em Salvador. Ao todo, foram marcados 58 gols nos 12 jogos da primeira fase, uma média de 4,8 gols por partida, a maior da história da competição, que começou a ser disputada em 1997.

Edição: Denise Griesinger

FONTE






Danilo Macedo
Repórter da Agência Brasil

quinta-feira, 20 de junho de 2013

TELEXFREE

'Procurem a Justiça', diz Procon do RN sobre suspensão da Telexfree
Araken Faria orienta os potiguares que entrem com ações na Justiça.
Juíza do Acre suspendeu pagamentos e adesões em todo o país.

Imagem/Google
O Procon do Rio Grande do Norte está orientando os potiguares que entrem com ações na Justiça contra a empresa de marketing multinível Telexfree, cujos pagamentos e novas adesões foram suspensos após determinação da juíza Thaís Borges, da 2ª Vara Cível da Comarca de Rio Branco, no Acre. A decisão foi publicada na última terça (18) e vale para todo o país.

"Ninguém vai receber mais nenhum centavo enquanto o mérito da ação não for julgado. Até lá, minha orientação é que procurem a Justiça para garantir o ressarcimento dos valores investidos”, disse Araken Faria, coordenador do Procon-RN. Segundo ele, não há número oficial de quantos norte-rio-grandenses aderiram à Telexfree.

Ainda de acordo com Araken, a decisão da juíza do Acre foi acertada. “Eu também vejo o Telexfree como pirâmide financeira. Eu sempre orientei as pessoas que não aderissem. Na minha opinião, não é legal”, disse. O coordenador disse que não há reclamações registradas no Procon estadual contra a empresa, mas quem quiser entrar com um uma ação administrativa terá o direito de fazê-lo. “Quem quiser oficializar a queixa, o Procon está de portas abertas. Mas, como eu não vejo a Telexfree como uma empresa com foco na venda de produtos ou serviços, o melhor a fazer é procurar a Justiça para ingressar com uma ação civil contra a própria Telexfree e seus sócios”, argumentou.

A ação

A 2ª Vara Cível da Comarca de Rio Branco julgou procedente uma ação civil pública proposta pelo Ministério Público do Acre e suspendeu os pagamentos e a adesão de novos contratos à empresa de marketing multinível Telexfree até o julgamento final da ação principal, sob pena de multa diária de R$ 500 mil. De acordo com o MPE, os donos da empresa são suspeitos de montar uma pirâmide financeira.

Telexfree tenta reverter decisão

A empresa publicou na tarde desta quarta-feira (19) em seu site um vídeo esclarecendo aos clientes e divulgadores que a empresa ainda não foi notificada oficialmente da decisão mas que está tomando todas as providências para derrubar a liminar da Justiça do Acre.

"A transparência sempre foi e sempre será o fundamento desta empresa. Tomamos conhecimento pela mídia, ainda não fomos comunicados oficialmente da íntegra da decisão. O jurídico está trabalhando para derrubar a liminar," informa Carlos Costa, diretor de marketing da Telexfree.

O advogado da empresa, Horst Fouchs, está atualmente em Rio Branco para acompanhar o caso. "Estamos conhecendo o processo para nós então tomarmos as medidas necessária. Depois que estivermos totalmente interados do processo, podemos ate nos manifestar de uma forma mais completa", afirmou Fouchs.



Do G1 RN
FONTE

PEDRA PRETA-RN VOLTA A TREMER

UFRN registra mais dois tremores de terra em Pedra Preta

Mais dois tremores de terra foram sentidos pela população do município de Pedra Preta, localizado na Microrregião de Angicos. Segundo o Laboratório de Sismologia da UFRN, os eventos foram registrados nessa quarta-feira (19) num intervalo de menos de dois minutos. O primeiro evento, de magnitude 2.8 ocorreu às 17:00 UTC (14:00 hora local). O segundo evento, de magnitude 3.4, ocorreu às 17:01 UTC (14:01 hora local).

A atividade sísmica em Pedra Preta vem ocorrendo desde dezembro de 2010, tendo sido identificadas duas áreas sísmicas distintas, sendo impossível prever como será sua evolução futura.

LabSis/UFRN



Por Ana Cadengue

FONTE

NOVO SALÁRIO MÍNIMO

Novo salário mínimo deve elevar gasto em R$ 1,5 bi

São Paulo (AE) - O aumento dos preços acima da previsão da inflação enviada ao Congresso pelo governo no projeto da Lei de Diretrizes Orçamentária (LDO) para elaboração do Orçamento de 2014 deverá levar a União a gastar cerca de R$ 1,5 bilhão a mais com pagamentos de despesas atreladas ao salário mínimo.

                                Antonio Augusto/câmara dos deputados
Em abril, o Executivo enviou ao Congresso, 
junto com o projeto de orçamento, previsão de reajuste
 com base em inflação pelo INPC
Para o economista-chefe da Austin Rating, Alex Agostini, autor do cálculo, o gasto adicional, se confirmado, decorrerá da diferença entre a inflação efetiva no fim do ano pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), usado no ajuste do salário mínimo, e a taxa prevista pelo governo na LDO.

Em 15 de abril, o Executivo enviou ao Congresso, junto com o projeto de orçamento, previsão de reajuste do mínimo com base em inflação pelo INPC de 5,20%. Esta taxa encontra-se abaixo da mediana de 5,93%, no encerramento de 2013, das expectativas do Boletim Focus do Banco Central. “Vale ressaltar que no dia 15 de abril a previsão para o INPC de 2013 na Focus era de 5,73%”, observa Agostini.

Gastos

Pela proposta, com o mínimo sendo reajustado em janeiro com base na inflação de 5,20% mais variação de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) em 2012, de 0,90%, os gastos da União com despesas atreladas ao mínimo subiriam de atuais R$ 206 bilhões para R$ 218,5 bilhões.

Se o INPC fechar mesmo em 5,93%, os gastos saltariam para R$ 220 bilhões, ou R$ 1,51 bilhão a mais que o previsto. Neste caso, os recursos para o pagamento adicional de despesas atreladas ao mínimo teriam de ser deslocados de outras áreas.

A despesa da União no valor de R$ 220 bilhões, segundo o economista, cobre também gastos com o déficit geral de Previdência Social, benefício da Renda Mensal Vitalícia, Lei Orgânica de Assistência Social e o Fundo de Amparo ao Trabalhador.

“É importante destacar que a cada aumento de R$ 1 no salário as despesas da União sofrem impacto adicional de R$ 303,7 milhões”, destaca.

E a situação poderá piorar, pois o Congresso tem até 17 de julho para revisar a proposta do governo, de alta do mínimo de R$ 678 para R$ 713,50. Pela mediana da Focus, o mínimo chegaria a R$ 718,30. Mas a previsão da Austin Rating é de que o Congresso eleve para R$ 724,45 o valor a partir de 1º de janeiro.

“Além dos efeitos negativos produzidos sobre a dinâmica macroeconômica do País, como redução do consumo das famílias e deterioração dos índices de popularidade da presidente, a alta da inflação também deverá elevar as despesas do governo em 2014 caso a política monetária contracionista do BC não surta o efeito desejado de reduzir os atuais níveis de inflação de 6% para 5% até o final deste ano”, diz Agostini.


FONTE

quarta-feira, 19 de junho de 2013

ALGUNS ARTIGOS DA LEI GERAL DA COPA SOB QUESTIONAMENTOS

Procuradoria envia ao STF ação que questiona prêmios aos campeões mundiais pela seleção

Imagem/Google
A Procuradoria Geral da República enviou ao STF (Supremo Tribunal Federal) uma ação que questiona artigos da Lei Geral da Copa que garantem benefícios à Fifa e que estabeleceu prêmios para jogadores de futebol que atuaram pela seleção brasileira nas copas de 1958, 1962 e 1970.

A ação, assinada por Deborah Duprat quando ainda atuava como vice-procuradora-geral da República, foi distribuída para o gabinete do ministro Ricardo Lewandowski. Duprat pede que o ministro relator profira uma decisão individual, suspendendo a validade de tais artigos até que o plenário do Supremo analise definitivamente a questão, ainda sem prazo para acontecer.

Segundo a procuradora, são inconstitucionais as seguintes partes da Lei Geral da Copa: O artigo 23, que estabelece que a União assumirá os efeitos da responsabilidade civil de danos relacionados à Copa das Confederações e à Copa do Mundo do ano que vem; os artigos de 37 a 43, que autoriza o pagamento de pensão e prêmio para os ex-jogadores da seleção; e o artigo 53, que isenta a Fifa de despesas judiciais.

"Contrariamente ao dispositivo constitucional, o artigo 23 da Lei Geral da Copa adota a Teoria do Risco Integral, pois impõe à União a assunção da responsabilidade por danos que não foram causados por seus agentes", diz a ação. "A isenção dada à Fifa, às suas subsidiárias, aos seus representantes legais, aos seus consultores e aos seus empregados viola manifestamente o princípio da isonomia tributária. [...] Não é possível vislumbrar nenhuma razão que justifique o tratamento diferenciado da Fifa e de seus relacionados."

Ainda para Duprat, não se pode pagar ex-jogadores com dinheiro público. "A situação concreta relacionada com o fato de ser jogador, titular ou reserva, das seleções brasileiras campeãs [...] não é justificativa suficiente para autorizar o pagamento, a custo do erário, de valores em benefício de determinada pessoas".


DE BRASÍLIA

VACINA CONTRA A GRIPE "A"

Brasil deixará de importar vacina contra a gripe A

Imagem/Arquivo Blog "naserra"
Brasília – A partir de 2015, o Brasil vai produzir toda a vacina contra o vírus da gripe A necessária para suprir a demanda nacional. Para a campanha de 2013, o Instituto Butantan, fabricante das vacinas brasileiras, produziu 15% do total aplicado. O laboratório francês Sanofi Pasteur transferiu a tecnologia que tornou possível a fabricação. Para a vacinação em 2015 serão produzidas 44 milhões de doses.

Outros 14 medicamentos biológicos terão fabricação 100% nacional, seis para câncer (entre eles o de mama e a leucemia), quatro para artrite reumatoide, um para diabetes, um cicatrizante, um hormônio do crescimento e uma vacina para alergia. De acordo com o Ministério da Saúde, a economia com a produção será R$ 225 milhões por ano. Os medicamentos biológicos, feitos a partir de material vivo e cuja produção envolve biologia molecular, são produtos de última geração e de alto custo. O grupo representa 43% dos gastos do governo com medicamentos, R$ 4 bilhões por ano.

Para a fabricação no Brasil, foram feitas 27 parcerias com oito laboratórios públicos e 17 privados. Ao todo, são 90 parcerias desse tipo, que envolvem a transferência de tecnologia de 77 produtos. Entre os medicamentos estão a L-asparaginase, utilizada para tratamento de leucemia aguda, cujo fabricante anunciou, em dezembro, que não o produziria mais e que só havia estoque para os próximos seis meses. Para o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, a produção do medicamento no Brasil representa segurança para os pacientes. OTrastuzumabe é outro remédio que será produzido no país. Recentemente incorporado à cartela do Sistema Único de Saúde, serve para o tratamento do câncer de mama.

O Ministério da Saúde anunciou que o Brasil terá a primeira fábrica para produção de remédios biológicos a partir de célula vegetal (cenoura e tabaco), instalada em Euzébio, no Ceará. A construção está prevista para ter início em 2014 e deve custar R$ 170 milhões. Serão feitos medicamentos para o tratamento de doenças raras e a primeira vacina do mundo a partir de uma planta, contra a febre amarela.


Aline Leal
Repórter da Agência Brasil


FONTE






Edição: Beto Coura

PRÉDIO PÚBLICO, "CRIADOURO DO AEDES"

Prédio da Semurb vira foco do Aedes

Tudo que eles querem é espaço, água parada e abandono. E é exatamente isso que as larvas e mosquitos da dengue encontram em quase todos os municípios do Estado, principalmente nas áreas urbanas. O Rio Grande do Norte já contabiliza 9.543 casos de dengue de janeiro a jundo no Estado. Em Natal, esse ano já foram notificados 1.060 casos, com a zona leste respondendo como a região com maior número de casos de dengue, principalmente o bairro da Ribeira e Rocas onde os prédios abandonados viraram criadouros do mosquito Aedes aegypti.

                                                    Adriano Abreu 
Antigo prédio da Semurb tem piscinas que se formaram no teto,
tornando um criadouro do Aedes
 No antigo prédio da Semurb, além das piscinas que se formaram no teto do prédio, internamente os pneus e lixo acumulados aumentam a quantidade de focos, aumentando os casos da doença no bairro. A equipe da TRIBUNA DO NORTE conversou com os moradores de rua que usam o espaço para tomar banho e dormir e confirmou que todos já foram vítimas do mosquito. O morador de rua, Marcos Antonio da Silva disse que já teve dengue duas vezes.

“Eu quase morri na última vez por causa desses mosquitos e a Prefeitura não faz nada”, comenta o morador. No prédio vizinho ao da Semurb, os moradores também reclamam da doença e do descaso do poder público com o prédio e com a falta de ação contra os mosquitos. 

A reportagem entrou em contato com a Prefeitura de Natal e ouviu o Chefe de Zoonoses, Alexandre Tavares. “No antigo prédio da Semurb temos um caso específico de alta incidência de dengue já que existe no local incontáveis focos do mosquito”, argumenta Alexandre Tavares. Ele conta que as equipe de zoonoses de Natal atuam em pontos estratégicos onde são registrados os maiores depósitos de dengue com tratamentos dos focos no período quinzenal, mas que em muitos bairros a população também precisa ter atenção com a água parada. 

O antigo prédio da Semurb concentra ainda restos de comida e de animais, aumentando os focos do mosquito Aedes Aegpythi. “Nossa equipe continua indo ao prédio apagar incêndio. Só vamos resolver a questão após a definição sobre o que vai ser feito no espaço”, aponta o Chefe de Zoonoses. 

A vulnerabilidade dos casos de dengue aumenta no período chuvoso e os bairros das Quintas e Felipe Camarão são os bairros isolados que concentram notificações acima da média do município. “Historicamente, os bairros mais antigos e com concentração populacional são os mais vulneráveis a doença pelos depósitos de água que acumulam água por causa da irregularidade no abastecimento”, comenta o Chefe de Zoonoses.

                                                        Adriano Abreu
Pneus e lixo acumulados ajudam a proliferar o mosquito,
aumentando a incidência da dengue.
No Rio Grande do Norte, a dengue está concentrada na área urbana e são cinco os municípios com maior incidência da doença: Pau dos Ferros com 1.102 casos, a capital Natal com 1.060, Currais Novos com 493, Parelhas com 482 e Parnamirim com 380. O número total dos casos de dengue no Rio Grande do Norte (quase 10 mil), não assusta a coordenadora do Programa de Controle da Dengue no RN, Cristiane Fialho que aponta uma redução de 64% nos casos em relação ao mesmo período de 2012.

“No ano passado, nesse mesmo período o Rio Grande do Norte listava mais de 26 mil casos de dengue”, conta a coordenadora. A coordenadora do Programa de Dengue no RN explica que o Estado deverá continuar com índices menores de notificações do que em anos anteriores. “A dengue tipo 4 desse ano não terá tantos casos como no passado porque as pessoas que já foram infectadas estão imunes a doença”, comenta Cristiane Fialho. O argumento também foi defendido pelo Chefe do Controle de Zoonoses, Alexandre Tavares.



FONTE



Marília Rocha - repórter