domingo, 25 de janeiro de 2015

REAJUSTANDO OS PEQUENOS SALÁRIOS

Salário de governadores é reajustado em 13 estados

Com o reajuste de "quase 100%" que entrou em vigor este mês, o governador do Rio Grande do Norte, Robinson Faria (PSD), passará a receber uma remuneração maior que a de seu colega paulista, Geraldo Alckmin (PSDB). A constatação é do repórter Pedro Venceslau, em matéria feita para O Estado de S. Paulo e distribuída ontem para dezenas de jornais e portais de internet pela Agência Estado.

Humberto Sales
Salário de Robinson Faria e outros 12 governadores têm reajuste
Segundo a reportagem, enquanto a remuneração do governador do RN pulou de R$ 11 mil para R$ 21,9 mil, a de Alckmin, que administra o estado mais rico da federação, teve reajuste de 4,7%, passando de R$ 20,6 mil mensais para R$ 21,6 mil.

No caso do Rio Grande do Norte, o aumento contemplou também o vice-governador, que passa a ganhar R$ 17,5 mil. No governo anterior, de Rosalba, o vice ganhava R$ 9 mil. Já os secretários tiveram a remuneração aumentada em 75%, de R$ 8 mil para R$ 14 mil.

No Brasil, houve aumento salarial para o primeiro escalão em 13 estados. A reportagem lembra que na campanha - e no período de transição também - os eleitos prometiam adotar uma política de austeridade focada inicialmente nos cortes de cargos e encolhimento da máquina administrativa. "Os aumentos foram aprovados pelas Assembleias Legislativas às vésperas do recesso parlamentar. Isso fez com que houvesse pouca repercussão na ocasião", reforça o texto.

Cortes

Em dezembro do ano passado, na condição de coordenador da equipe de transição, o vice-governador eleito, Fábio Dantas (PCdoB) admitiu, numa entrevista a 96 FM, que o novo governo poderia adotar "medida antipáticas" para equilibrar a folha de pagamento do Estado.

Robinson, por sua vez, anunciou que mandará fazer auditoria na folha de pagamento, mas deixou claro: "Não é uma auditoria para punir ninguém. O servidor que está em dia, trabalhando, não será punido. Pelo contrário, será valorizado pelo nosso governo."

Da safra de novos governadores, dois voltaram atrás no aumento depois da repercussão negativa. São eles, Ivo Sartori (PMDB), do Rio Grande do Sul, e Ricardo Coutinho (PSB) da Paraíba.


FONTE

POSTADO POR

FLAMENGO CAMPEÃO

FLAMENGO SE IMPÕE, VENCE SÃO PAULO E FATURA O TÍTULO DO TORNEIO DE MANAUS

O 1º TÍTULO DE 2015



A CRÔNICA

A taça vai para a Gávea. Com um gol de Samir aos 32 minutos do segundo tempo, o Flamengo, superior em campo, derrotou o São Paulo por 1 a 0, na tarde deste domingo, na Arena Amazônia, e ficou com o título do Torneio de Manaus. A competição também contou com a participação do Vasco, que perdeu seus dois jogos e foi o lanterna.

O time carioca foi mais perigoso durante boa parte do confronto, principalmente no segundo tempo, quando criou boas chances. O São Paulo, que teve menos tempo de descanso para a partida, já que derrotou o Vasco por 2 a 1 na última sexta-feira, deu claros sinais de desgaste. A equipe rubro-negra havia jogado na quarta-feira passada, quando também venceu o Cruz-Maltino, por 1 a 0.

ESCALAÇÃO DOS TIMES

4-5-1
GOL. ROGÉRIO CENI
LAD. BRUNO
VOL. HUDSON
ZAD. LUCÃO
ZAE. EDSON SILVA
LAE. REINALDO
LAE. CARLINHOS
VOL. SOUZA
VOL. DENILSON
VOL. THIAGO MENDES
MEC. MAICON
MEC. MICHEL BASTOS
ATA. JONATHAN CAFU
MEC. GANSO
ATA. ALEXANDRE PATO
ATA. LUÍS FABIANO
ATA. ALAN KARDEC
TEC. MILTON CRUZ



4-4-2
GOL. PAULO VICTOR
LAD. LÉO MOURA
LAD. PARÁ
ZAD. WALLACE
ZAE. SAMIR
LAE. ANDERSON PICO
LAD. THALLYSON
VOL. VÍCTOR CÁCERES
VOL. MÁRCIO ARAÚJO
VOL. CANTEROS
MEC. ARTHUR MAIA
MEC. LUCAS MUGNI
MEC. EVERTON
VOL. LUIZ ANTÔNIO
ATA. NIXON
ATA. ALECSANDRO
ATA. MARCELO CIRINO
TEC. VANDERLEI LUXEMBURGO


FONTE

POSTADO POR

sexta-feira, 23 de janeiro de 2015

CASA DO ESTUDANTE EM NATAL/RN

Deteriorado, prédio da Casa do Estudante coloca a vida dos residentes em risco iminente

Quase metade dos 50 quartos da casa está interditada por falta de manutenção e segurança



Fiação elétrica e ferragens expostas, infiltrações e goteiras que comprometem a estrutura das paredes, lajes soltas ou ameaçando desabar, pisos quebrados e com partes afundadas, portas e janelas comidas por cupins, banheiros e lavanderias sem torneiras, caixas d’água quebradas e ambiente totalmente insalubre. Esses são alguns dos problemas vividos diariamente pelos moradores da Casa do Estudante Masculino do Rio Grande do Norte, no Centro de Natal.

A falta de segurança e de manutenção é denunciada constantemente, sem que seja feito nada para resolver a situação. Inaugurado em 1946, o prédio já foi quase todo interditado pela Defesa Civil do município. Segundo o vice-presidente da Casa, Serafim do Nascimento, o prédio, que possui quase a metade dos 50 quartos interditada por falta de estruturação física e por oferecer risco real de morte aos moradores, não tem manutenção alguma pelo governo estadual.

Ele disse que a preparação dos alimentos e a limpeza do prédio são garantidas durante o período de aulas graças à atuação de três voluntários. Já durante o recesso escolar, são os próprios moradores que fazem os serviços. E que, há cerca de três meses que a alimentação, que é de responsabilidade da Secretaria de Estado da Habitação, Trabalho e Assistência Social (Sethas), foi suspensa e está sendo garantida pelos próprios estudantes e por doações da sociedade.

Serafim afirmou ainda que a nova gestão da diretoria, que assumiu em julho passado, está lutando para regularizar a situação da casa, com a aprovação do estatuto, que permite o ingresso de estudantes de nível superior e bolsistas, além dos de nível médio, que representam apenas 10% dos moradores.

“Entramos com representação no Ministério Público em dezembro e o órgão pediu o recadastramento para que se apresentem os gastos com os estudantes para entregar ao governo estadual, que vem cortando gastos e, certamente, devem nos afetar. A Sethas é responsável pela alimentação e as contas de água e luz, mas desde outubro que não fornece os alimentos. Da última vez que isso aconteceu, passamos nove meses sem frios e sete sem cereais, tendo que fazer sacrifícios para comprar a nossa comida para não passarmos fome”, afirmou.

O universitário Schulbert Souza disse que a insegurança também é grande entre os moradores, que já foram roubados e tiveram os quartos invadidos diversas vezes e reivindicam o retorno de guardas patrimoniais, para inibir a ação dos bandidos e dos vândalos. “Já estão roubando até as placas comemorativas, como a mais antiga, que foi levada. Para garantir um mínimo de tranquilidade, os moradores fecham os quartos com cadeados”, falou.

MP determinou desocupação do prédio

Serafim do Nascimento disse que além dos estudantes, ainda há pessoas que não estudam mais ou só trabalham e ainda os baderneiros, que chegam bêbados e fazem confusão no local, tornando a situação ainda mais insalubre para os moradores que realmente estudam e necessitam deste apoio. O fato já foi comunicado ao Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN), que deve investigar o problema.

O órgão já havia entrado com uma ação civil pública contra o Estado, responsável legal pelo prédio desde seu tombamento pelo Patrimônio Histórico e Cultural do Estado, em março de 2013, para que o local fosse desocupado. No entanto, o executivo não tomou nenhuma providência para resolver a situação.

“A última reforma que fizeram, que não serviu de nada, porque o prédio ficou pior, foi em 2001 no governo Wilma de Faria. Depois disso, perdemos a biblioteca e vários cômodos foram interditados. Hoje, não podemos mais usar o salão de refeições da cozinha, por causa do serviço mal feito e que fez a laje cair, sem contar que a câmara frigorífica onde guardamos os frios está quebrada há séculos. Vivemos em uma situação total de insalubridade e riscos iminentes de acidentes graves e até fatais, porque um estudante só não se feriu gravemente após o teto de um quarto desabar porque ele estava na cama de baixo de uma beliche”, desabafou.

Sethas é responsável apenas por alimentação

A Sethas comunicou, por meio de nota oficial, que não possui nenhuma responsabilidade com a Casa do Estudante ou com a alimentação fornecida ao local, pois isso não faz parte das suas atribuições legais. Mas que, para fazer isso, é necessário um convênio com o Conselho de Administração da entidade para legalizar e oficializar a questão. Além disso, deve propor ao MPRN a assinatura de um termo de ajustamento de conduta (TAC) para que a pasta não seja implicada em uso indevido de verba pública ao fornecer a alimentação.

Paralelamente, está tramitando na secretaria um processo licitatório para a aquisição de alimentos para a Casa do Estudante e que a equipe da Coordenadoria de Desenvolvimento Social (Codes) está fazendo um levantamento da necessidade de manutenção dos espaços físicos. No entanto, para dar continuidade, aguardamos parecer favorável da Procuradoria Geral do Estado (PGE).

Por
Alessandra Bernardo
alessabsl@gmail.com

FONTE


POSTADO POR

CARNAVAL DE MOSSORÓ/RN 2015 - PROGRAMAÇÃO

Confira programação oficial do Carnaval de Mossoró 2015

                                                                                                                         (Divulgação/PMM)
Desfile de escolas de samba é um
dos destaques da programação
A folia de Momo em Mossoró começará no dia 31 de janeiro deste ano e seguirá com a realização de bailes, troças, blocos, bonecas, desfile das agremiações carnavalescas e muita festa até a Quarta-feira de Cinzas, dia 18 de fevereiro.

O Mossoró Cidade Folia será lançado para imprensa e população em geral, no sábado, 31 de janeiro, às 19h, no Ginásio Municipal Pedro Ciarlini. Após o lançamento, a folia continua com a Noite da Realeza Momesca Eterna Rainha Lúcia Amorim, evento em que serão apresentados o Rei e a Rainha do Carnaval 2015. Na ocasião, a Prefeitura de Mossoró fará uma homenagem póstuma aos carnavalescos Diógenes Sales e Nailde Fernandes de Sousa.

A programação continua com os eventos carnavalescos em diversos bairros da cidade. Neste ano, a gestão municipal aumentou as ajudas de custo repassadas aos grupos carnavalescos em 10% em relação ao ano passado. A secretária Isolda Dantas explica que todos os eventos da cidade informados à Secretaria constarão na programação do Mossoró Cidade Folia, porém, para receber ajuda de custo é necessário que o grupo se inscreva na seleção pública de projetos.

"As inscrições estão acontecendo na sede da Secretaria da Cultura até o dia 26 de janeiro, das 9h às 12h e das 14h às 17h. Para se cadastrar, os blocos, troças e demais grupos devem apresentar documentação específica. Esse processo dá maior transparência à utilização dos recursos públicos", esclareceu. Os edital e demais especificações estão disponíveis na Secretaria para consulta.

O ponto alto do Mossoró Cidade Folia será o Caia na Gandaia, evento que acontecerá na sexta-feira, 13 de fevereiro, a partir das 18h. A festa começa na Avenida Rio Branco com animação de bandas de frevo. Às 20h, as agremiações carnavalescas fazem um grande desfile na “Estação da Folia Expedito Bolão” e a conclusão acontece com duas bandas se apresentando em trio elétrico na Rio Branco.

Programação do Mossoró Cidade Folia.

Sábado, 31, a partir das 19h, no Ginásio Pedro Ciarlini – Lançamento do Carnaval e Noite da Realeza Momesca – Orquestra de Frevo;Bloco Pablo Ryth - 05/02, 18h na Ilha de Santa Luzia - Giannini Alencar e 2 Paredões

Estação da Folia - 05 e 06/02, 15h na Estação das Artes - Secretaria de Desenvolvimento Social e Juventude;

Baile de Máscaras - 06/02, 22h no Requinte Buffet;

Bloco Rio Branco Folia - 06/02 - 19h na Av. Rio Branco - Municipal Santos e Banda e David Almeida;

Bloco Ilha Folia - 07/02, 20h na Ilha de Santa Luzia - Trio Lazarão 3 e Ewerton Linhares

Baile das Mariposas - 07/02, 22h no Clube Carcará - Dj's;

Bloco Filós Folia - 08/02, 17h no Belo Horizonte – Paredão de Som;

Troça É ou Não É - 08/02, 16h no Bom Jardim - Orquestra de Frevo;

Baile Reviver - 12/02, 20h30 no Oba Show - Zé Arnô Metais;

Bloco Carnajucas - 12/02, 20h no Doze Anos - André Luvi e Banda;

Desfile de Ursos - 12/02, 16h na Estação das Artes;

Troça Encarnabeco - 1º Ano - 12/02, 18h no Beco dos Artistas;

Bloco Rua do Frevo - 12/02, 18h no Bom Jardim - Cacau Monteiro e Banda e baterias das escolas de samba;

Caia na Gandaia - 13/02, 18h na Avenida Rio Branco – Bandas de frevo e trio elétrico; 

Desfile das Agremiações - 13/02, 20h na Estação das Artes; 

Bloco Kágado no Balde - 13/02, 17h no Alto da Conceição - Diassis Alegria e Orquestra de Frevo;

Bloco Só no Sapatinho - 14/02, 17h no Bom Jardim - Orquestra de Frevo;

Bloco as Bregueiras - 14/02, 17h no Costa e Silva;

Boneca Mamãe Dolores - 14/02, 16h no Abolição I - Orquestra de Frevo;

Bailes Carnafona - 14 a 17/02 – 19h no Clube Extra - Vagner Show e Vivi dos Teclados;

Boneco Zé da Porteira - 15/02, 17h no Santo Antônio;

Bloco Carnabiba – 15/02, 10h no PROMORAR;

Troça Carna 6 – 16/02, 16h no Santo Antônio;

Troça Carnaboi Folia – 16/02, 17h no Bom Jardim - Banda de Frevo;

Bloco É Babado – 16/02, 17h no Bom Jardim ;

Troça Sapo na Lagoa - 17/02, 16h no Lagoa do Mato - Frevo Favela;

Bloco Carna “Cocota” - 17/02, 12h no Redenção - Banda os Banka;

Bloco Carnabuco - 18/02, 14h no Alto da Conceição - Municipal Santos e Banda;

Bloco Carnamatuto – 18/02, 15h no Belo Horizonte;

Bloco Camburão da Folia - 18/02, 16h na Estação das Artes - Banda de Frevo.


Fonte: Divulgação Prefeitura de Mossoró

Por Regy Carte

VIA

POSTADO POR