quarta-feira, 1 de outubro de 2014

FUNCIONAMENTO DO COMERCIO DURANTE O FERIADO DOS MARTIRES

Comércio terá horário diferenciado no feriado dos Mártires

O comércio de rua terá abertura facultativa. Nos shoppings, as lojas funcionam a partir das 15h.

                                                        Arquivo FD/Economia
Câmara de Dirigentes Lojistas de Natal (CDL) informa o funcionamento
dos principais pontos comerciais durante a data.

Na próxima sexta-feira (03), quando é celebrado o dia dos Mártires de Cunhaú e Uruaçu, feriado estadual, o comércio funciona com horário diferenciado na capital potiguar.

A Câmara de Dirigentes Lojistas de Natal (CDL) informa o funcionamento dos principais pontos comerciais durante a data.

Comércio de Rua

Alecrim: Abertura facultativa. A maioria das lojas abre das 08 às 14
Centro da Cidade: Abertura facultativa. Os grandes magazines abrem em 
horários diferentes, como a Riachuelo (08h às 16h) C&A (08h às 16h) e 
Lojas Americanas (09h às 15h).

Zona Norte: Abertura facultativa até 12h.

Shopping Midway Mall
Praça de Alimentação e lazer: 11h às 22h.
Lojas Âncoras: A partir das 12h às 21h.
Demais lojas: 15h à 21h.
Cinema: Horário das sessões

Natal Shopping
Praça de Alimentação e Lazer: 11h às 22h.
Lojas e Quiosques: 14h à 21h.
Lojas Âncoras: 12 às 21h
Megalojas: 13 ás 21h

Norte Shopping
Praça de Alimentação: 11:00h às 22h.
Lojas e Quiosques: 15h à 21h.
Cinema: Horário das sessões

Praia Shopping
Praça de Alimentação e Lazer: A partir das 11h.
Lojas e Quiosques: 15h à 21h.
Cinema: Horário das sessões

Shopping Cidade Jardim
Praça de Alimentação: A partir das 11h.
Lojas e Quiosques: 14h às 20h.

Shopping Via Direta
Praça de Alimentação e Lazer: 12h às 22h.
Lojas e Quiosques com abertura facultativa das 14h à 20h.

Supermercados
Grandes redes abrem normalmente.

Bancos
Fechados.


Gerlane Lima

FONTE


POSTADO POR

POLITICA 2014

Justiça Eleitoral: confira o que fica proibido de quinta a domingo

Amanhã é o último dia para a exibição da propaganda eleitoral gratuita no rádio e na televisão.

Com a proximidade do primeiro turno das eleições no domingo (5), a Justiça Eleitoral tem algumas regras que não podem ser esquecidas por candidatos, partidos políticos e coligações.

Segundo a Lei Eleitoral, amanhã (2) é o último dia para a exibição da propaganda eleitoral gratuita no rádio e na televisão. É também o prazo final para os candidatos fazerem reuniões públicas de campanha, comícios e para a utilização de aparelhagem de som fixa, entre as 8h e a meia-noite.

Quinta-feira também é a data limite para a realização de debates políticos na televisão ou no rádio. Debates iniciados no dia 2 podem se estender, no máximo, até as 7h do dia 3 de outubro. Também até amanhã, partidos políticos e coligações terão que indicar à Justiça Eleitoral o nome das pessoas autorizadas a expedir as credenciais dos fiscais e delegados de partido que estarão habilitados a acmpanhar os trabalhos de votação.

Sexta-feira (3) será a data limite para que se faça a divulgação paga, na imprensa escrita, a reprodução na internet do jornal impresso, de propaganda eleitoral. Ainda nesta sexta-feira, os presidentes de mesa que não tiverem recebido o material destinado à votação deverão comunicar a falha ao juiz eleitoral.

No sábado (4), termina a propaganda eleitoral com uso de alto-falantes ou amplificadores de som, entre as 8h e as 22h. Carreatas, caminhadas, passeatas e a distribuição de material gráfico também só poderão ser feitos até as 22h deste sábado.

Desde terça-feira (30), até 48 horas depois do encerramento da votação, nenhum eleitor pode ser preso ou detido, salvo em flagrante delito ou em virtude de sentença criminal condenatória por crime inafiançável, ou ainda por desrespeito a salvo-conduto. A proibição de prisão de candidatos está em vigor desde o último dia 20. No entanto, quem concorre a cargo eletivo pode ser detido ou preso em caso de flagrante delito.

Segundo o Tribunal Superior Eleitoral, a competência para proibir a venda de bebidas alcoólicas no dia da votação é da Secretaria de Segurança Pública de cada estado, município ou do Distrito Federal.




Karine Melo, Agência Brasil

FONTE


POSTADO POR

segunda-feira, 29 de setembro de 2014

GREVE NA SAÚDE DE MOSSORÓ-RN

Servidores em greve farão protesto no Cortejo da Liberdade

      Foto: Carlos Costa
Os servidores da saúde que estão em greve há mais de duas semanas farão um protesto no Cortejo Cultural nesta terça-feira, 30, data que celebra no município a Libertação dos Escravos. De acordo com a presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Mossoró (Sindiserpum), Marleide Cunha, os servidores estarão vestidos de preto, simbolizando o atual momento da saúde no município.

“A concentração será na sede do sindicato. De lá vamos para o cortejo onde vamos participar de forma pacífica. Estaremos todos vestidos de preto, o que para agente tem um simbolismo muito grande, onde vamos mostrar o atual quadro da saúde no município”.

Marleide Cunha disse que a Prefeitura apresentou uma proposta para a categoria que não foi aceita. Ela disse que algumas das reivindicações solicitadas pelo sindicato só poderiam ser atendidas em 2016 o que foi prontamente rechaçada pelos servidores presentes na última assembleia da categoria.

A presidente enfatiza que o Sindiserpum está cumprindo a ordem judicial de que pelo menos 60% dos servidores estejam nos seus postos de trabalho, mesmo sem a prefeitura ter mandado a lista de servidores pedida.

Após este protesto no feriado municipal, uma assembleia está marcada para esta quinta-feira, ainda sem horário e local definido. Sobre um encontro com o poder público municipal Marleide esclarece que não tem nada marcado e espera por parte da prefeitura uma reunião para tentar acabar com o fim da paralisação.

Edinaldo Moreno/Da redação

FONTE
Logo

POSTADO POR

MAIS GREVE

Bancários rejeitam proposta e cruzam os braços a partir de amanhã

Imagem Ilustrativa
Os bancários do Rio Grande do Norte estão com greve programada para iniciar amanhã (30), tanto nas agências públicas quanto privadas. A categoria terá uma nova assembleia na noite de hoje (29), às 18h, no Sesc Centro, onde discutirá com os bancários os rumos da paralisação. A proposta de reajuste salarial foi considerada insuficiente pelos bancários.

No sábado (27), a Federação Nacional dos Bancos apresentou proposta de reajuste de 7,35% para a maioria dos bancários e 8% sobre o piso salarial da categoria. O Sindicato dos Bancários do RN definiu a proposta como "esmola" e garantiu que a paralisação será referendada pela categoria. 

Os bancários potiguares cobram reajuste imediato de 35%, enquanto o Sindicato Nacional dos Bancários teria solicitado reajuste de 12,5%, o que é considerado insuficiente pela categoria no Rio Grande do Norte.

Além do reajuste, os bancários também cobram ampliação dos quadros nas agências do estado. De acordo com a coordenadora-geral do Sindicato dos Bancários do Rio Grande do Norte, Marta Turra, há a necessidade atual de se promover, pelo menos, mais duas mil contratações pelas instituições, o que corresponderia a um aumento de aproximadamente 80% nos quadros efetivos dos bancos públicos no estado.


FONTE

POSTADO POR