sábado, 26 de julho de 2014

SAX INTERPRETA LIMÃO COM MEL

O BLOG NASERRA OFERECE AOS NOSSOS WEBLEITORES
O MELHOR DO FORRÓ AGORA AO SOM DO SAX


FISCALIZAÇÃO DO PONTO ELETRÔNICO

Sesap e MP fiscalizam cumprimento do Ponto Eletrônico do Hospital Regional de Pau dos Ferros

Foto: Assessoria
Uma equipe de técnicos da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) segue, nesta segunda-feira (28), para a cidade de Pau dos Ferros, sede da VI Região de Saúde, para dar continuidade ao Projeto de Fiscalização e Otimização do Ponto Eletrônico nos hospitais da Rede Estadual.

A visita, que faz parte do cronograma estabelecido para todas as Regiões de Saúde, ganhou agora um novo componente após a instalação, pelo Ministério Público, de um Inquérito Civil com o objetivo de apurar denúncias de irregularidade no cumprimento do Ponto Eletrônico no Hospital Regional de Pau dos Ferros.

Na última quinta-feira, 24, a promotora Iara Maria Pinheiro de Albuquerque encaminhou ofício à Sesap, requisitando a visita da equipe de Coordenação de Recursos Humanos com a finalidade de fiscalizar as denúncias. Segundo o documento, a representação do MP está apurando a ausência constante de médicos plantonistas no Hospital Regional Cleodon Carlos de Andrade, com descumprimento de carga horária, apesar de haver escalas de plantão diárias.

O MP encaminhou à Sesap uma cópia de relatório da situação já apurada pela 3ª Promotoria de Justiça, destacando notícias das constantes ausências dos médicos aos plantões e os excessivos atestados médicos apresentados na unidade que comprometem a prestação da assistência hospitalar.

“Desta forma, considerando a importante parceria instituída entre o Ministério Público e a Secretaria Estadual de Saúde que resultou na implantação do controle de frequência dos servidores, é que solicitamos a fiscalização que é uma arma contra a prática abusiva de burla do expediente no âmbito dos Hospitais Regionais”, afirma a promotora Iara Pinheiro.


FONTE
Logo

POSTADO POR

JOSÉ ADÉCIO REASSUME

Outra decisão judicial recoloca José Adécio no lugar de Dibson

O Diário Oficial de hoje trará a convocação da Assembleia Legislativa para José Adécio Costa (DEM) ser empossado no cargo de deputado estadual. Há 20 dias Adécio, que é primeiro suplente da coligação do DEM-PSDB, saiu do cargo porque o titular, Dibson Nasser, conseguiu liminar para retornar a vaga de deputado estadual.

Aldair Dantas
Nova posse de José Adécio está prevista para segunda-feira

Mas uma nova decisão liminar, na última quinta-feira, assinada pelo ministro Gilmar Mendes, garantiu o retorno ao cargo de José Adécio. A posse ocorrerá na próxima segunda-feira, às 8h30. A determinação do ministro Gilmar cassa uma liminar proferida pelo ministro João Otávio Noronha, do TSE.

Na sua decisão, o ministro ministro Gilmar analisou que a decisão liminar de Noronha que determinou o retorno de Dibson Nasser ao cargo, estava em descompasso com o que havia sido determinado pelo plenário do Tribunal Superior Eleitoral.

Gilmar Mendes lembrou que o TSE, em decisão do dia 27 de maio, converteu o recurso impetrado por Dibson Nasser em diligência para determinar ao Partido Republicano Brasileiro, autor da denúncia contra Nasser, que comprovasse a regularidade da representação. Na prática, recai sobre a ação do PRB a suposta denúncia de irregularidade na documentação de representação do partido perante este processo na Justiça Eleitoral. Na decisão de maio, o TSE expediu uma carta de ordem ao Tribunal Regional Eleitoral para intimar o advogado Marlus César da Rocha, que deveria apresentar a procuração original que o constituía como representante do PRB. 

O ministro Gilmar Mendes destacou em sua decisão que era preciso sanar a diligência determinada pelo TSE para só depois o processo retomar o seu trâmite e, inclusive, analisar pela extinção ou não da causa, caso fosse comprovada a irregularidade na procuração do PRB. 

Dibson Nasser, eleito em 2010 deputado estadual, permaneceu no cargo por dois anos, quando foi cassado. José Adécio, o primeiro suplente, estava no cargo há um ano e meio, quando foi retirado pela decisão liminar do ministro João Otávio Noronha e agora, 20 dias depois de Dibson reassumir, Adécio retorna ao posto de deputado estadual.


FONTE

POSTADO POR

quinta-feira, 24 de julho de 2014

LUTO NA LITERATURA BRASILEIRA

Morre no Recife, aos 87 anos, o escritor Ariano Suassuna

Ele sofreu um AVC na noite de segunda-feira e passou por cirurgia.
Nascido na Paraíba, ele vivia no Recife desde 1942.

(Foto: Lenise Pinheiro / Folhapress)
Em março de 2010, Ariano Suassuna deu uma aula-espetáculo durante o Festival de Teatro de Curitiba 

Morreu no Recife, nesta quarta-feira (23), o escritor, dramaturgo e poeta paraibano Ariano Suassuna, aos 87 anos. Ele estava internado desde a noite de segunda (21) na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Português, onde foi submetido a uma cirurgia na mesma noite após sofrer um acidente vascular cerebral (AVC) do tipo hemorrágico. Segundo boletim médico, o escritor faleceu às 17h15. "O paciente teve uma parada cardíaca provocada pela hipertensão intracraniana".

O velório do corpo do escritor começa ainda esta noite, no Palácio do Campo das Princesas, sede do governo estadual, que decretou luto oficial de três dias. A partir das 23h, será aberto o acesso do público ao local. O enterro está previsto para a tarde de quinta-feira (24), no cemitério Morada da Paz, em Paulista, no Grande Recife.

Internamentos

Em 2013, Ariano foi internado duas vezes. A primeira delas em 21 de agosto, quando sentiu-se mal após sofrer um infarto agudo do miocárdio de pequenas proporções, de acordo com os médicos, e ficou internado na unidade coronária, mas depois foi transferido para um apartamento no hospital. Recebeu alta após seis dias, com recomendação de repouso e nenhuma visita.

Dias depois, um aneurisma cerebral o levou de volta ao hospital. Uma arteriografia foi feita para tratamento e ele saiu da UTI para um apartamento do hospital, de onde recebeu alta seis dias depois da internação, no dia 4 de setembro.

Na noite de segunda-feira (21), Ariano Suassuna deu entrada no hospital e foi operado após o diagnóstico do AVC. A cirurgia foi para a colocação de dois drenos, na tentativa de controlar a pressão intracraniana. Na noite de terça, o quadro dele se agravou, devido a "queda da pressão arterial e pressão intracraniana muito elevada", conforme foi informado em boletim.

                                  (Foto: Costa Neto / Secretaria de Cultura de Pernambuco)
Na aula-espetáculo que ministrou no Festival de Inverno de Garanhuns, na semana passada, mais uma vez Ariano misturou causos, informações sobre elementos da cultura popular nordestina; o grupo Arraial foi o convidado para os números de música e dança 

Ativo até o fim

Ariano Suassuna nasceu em 16 de junho de 1927, em João Pessoa, e cresceu no Sertão paraibano. Mudou-se com a família para o Recife em 1942. Mesmo com os problemas na saúde, ele permanecia em plena atividade profissional. "No Sertão do Nordeste a morte tem nome, chama-se Caetana. Se ela está pensando em me levar, não pense que vai ser fácil, não. Ela vai suar! Se vier com essas besteirinhas de infarto e aneurisma no cérebro, isso eu tiro de letra", disse ele, em dezembro de 2013, durante a retomada de suas aulas-espetáculo.

Em março deste ano, Ariano foi homenageado pelo maior bloco do mundo, o Galo da Madrugada. Ele pediu que a decoração fosse feita nas cores do Sport, vermelho e preto, e ficou muito contente com a homenagem. “Eu acho o futebol uma manifestação cultural que tem muitas ligações com o carnaval”, disse, na ocasião.

No mesmo mês, o escritor concedeu uma entrevista à TV Globo Nordeste sobre a finalização de seu novo livro, “O jumento sedutor”. Os manuscritos começaram a ser trabalhados há mais de trinta anos.

Na última sexta-feira, Suassuna apresentou uma aula espetáculo no teatro Luiz Souto Dourado, em Garanhuns, durante o Festival de Inverno. No carnaval do próximo ano, o autor paraibano deve ser homenageado pela escola de samba Unidos de Padre Miguel, do Rio de Janeiro.

(Foto: Acervo pessoal / Ariano Suassuna)
Com montagem d'O Auto da Compadecida no Rio de Janeiro, Ariano conquistou a crítica brasileira 

Obra

A primeira peça do escritor, "Uma mulher vestida de sol", ganhou o prêmio Nicolau Carlos Magno em 1948. Ariano escreveu um de seus maiores clássicos, "O Auto da Compadecida", em 1955, cinco anos depois de se formar em direito. A peça foi apresentada pela primeira vez no Recife, em 1957, no Teatro de Santa Isabel, sem grande sucesso, explodindo nacionalmente apenas quando foi encenada – e ganhou o prêmio – no Festival de Estudantes do Rio de Janeiro, no Teatro Dulcina. A obra é considerada a mais famosa dele, devido às diversas adaptações. Guel Arraes levou o “Auto” à TV e ao cinema em 1999.

O escritor considera que seu melhor livro é o “Romance d'A Pedra do Reino e o príncipe do sangue do vai-e-volta”. A obra começou a ser produzida em 1958 e levou 12 anos para ficar pronta. Foi adaptada por Luiz Fernando Carvalho e exibida pela Rede Globo em 2007, com o nome de "A pedra do reino".

Na década de 70, Ariano começou a articular o Movimento Armorial, que defendeu a criação de uma arte erudita nordestina a partir de suas raízes populares. Ele também foi membro-fundador do Conselho Nacional de Cultura.

Após 32 anos nas salas de aula, Suassuna se aposentou do cargo de professor da Universidade Federal de Pernambuco, em 1989. O período também ficou marcado pelo reconhecimento nacional do escritor – Ariano tomou posse na cadeira 32 da Academia Brasileira de Letras (ABL), no Rio de Janeiro, em 1990.



Do G1 PE


POSTADO POR

terça-feira, 22 de julho de 2014

ELEIÇÕES 2014 NO RN

Robinson diz que não vai rejeitar o voto de Rosalba Ciarlini

O candidato ao governo pelo PSD disse que a governadora tem livre arbítrio para votar em quem quiser.


                                                Frankie Marcone/Nominuto
Robinson Faria disse que a governadora tem livre arbítrio para votar em quem quiser.

O candidato do PSD ao governo, Robinson Faria, disse hoje (22) que não vai rejeitar o voto da governadora Rosalba Ciarlini nas eleições deste ano. "Rosalba é uma cidadã, é uma mulher. Ela, ou Maria, ou Marisa ou qualquer pessoa tem o livre arbítrio para votar em quem quiser. Eu não sou prepotente ou arrogante para rejeitar o voto de ninguém", disse o candidato em entrevista ao Jornal 96, da 96 FM.

Robinson Faria lembrou que emprestou seu capital político para eleger Rosalba em 2010 e saiu do governo por divergir. "O candidato do acordão não votou em Rosalba, aderiu e indicou nomes para 7 secretarias do governo. Passou quatro anos no governo e, de maneira oportunista, rompeu para apresentar um discurso de oposição", alfinetou o candidato.


Diante do atual cenário político, Robinson foi questionado sobre o apoio de Rosalba este ano e ele disse que a governadora é livre e vota em quem quiser. “Rosalba tem direito de escolher quem vai apoiar. Isso é o livre arbítrio, ela vota em quem quiser”.

Robinson fala de suas propostas caso seja eleito e em relação à segurança pública, ele ressalta que estuda esse setor desde que era deputado. Para ele, estamos vivendo os piores momentos da segurança pública. Em seu plano de governo, o primeiro passo é convocar policias e abrir exceções diante do Limite Prudencial. Implantar tecnologia e restaurar o Itep também são prioridades.


Entre as principais metas para Educação estão a adequação do Plano Estadual de Educação e tempo integral para escolas públicas de Ensino Médio. “Trabalho com inovação e ousadia e vamos premiar o bom serviço”, afirma o vice-governador.

O candidato ao governo pelo PSD também defende o Hospital de Traumas para o RN, mas apenas para traumas e o Walfredo Gurgel deve ficar para urgências neurológica, cardiológica e cirurgias eletivas previamente marcadas. A Central do Cidadão deverá contar com um departamento onde o paciente vai marcar a cirurgia.


Se eleito, Robinson garante, que nos primeiros meses, vai colocar o birô dentro do Walfredo Gurgel e enquanto funcionar a Saúde ele vai dá expediente no hospital.

Para o setor de Turismo, a arma do governo será o diálogo e o secretário da pasta será uma pessoa que saia do trade turístico do estado.

Em relação às obras estruturantes, haverá um conciliação com os IDHs de cada reunião de forma a melhorar o setor de emprego e renda.

Robinson Faria garante que, em sua gestão, vai quebrar a caixa preta do Idema e dá mais transparência ao órgão. “O Idema deverá ter transparência e agilidade para fomentar nossa economia”. 

Em relação à energia eólica, o candidato diz que vai saber qual o retorno para o estado, pois não deixa emprego, nem ICMS para o Rio Grande do Norte. O plano é fazer um trabalho junto ao Governo Federal para que 1% da energia eólica gerada no RN sirva para fomentar uma cadeia produtiva rural.


DA REDAÇÃO DO


POSTADO POR

quinta-feira, 17 de julho de 2014

INAUGURAÇÃO DO NOVO MIRANTE EM MARTINS/RN

FAÇA JÁ A SUA RESERVA E DESFRUTE DE MAIS UM ESPAÇO COM AMBIENTE SAUDÁVEL  PARA A SUA DIVERSÃO E DE TODA A SUA FAMÍLIA.

AGORA EM MARTINS/RN O MAIS NOVO PONTO DE ENCONTRO PARA A FAMÍLIA MARTINENSE E OS TURISTAS QUE AQUI CHEGAM EM BUSCA DO MELHOR CLIMA DO ESTADO.

MIRANTE "ENCANTO DA SERRA"

Onde a beleza serrana ENCANTA quem aqui visita



VENHA, PARTICIPE E DIVIRTA-SE

APARELHOS DENTÁRIOS ILEGAIS

Aparelhos dentários ilegais colocam a saúde em risco

           Foto: Divulgação
A prática é feita sem o acompanhamento de um especialista, representando grave risco à saúde da população. O Conselho Federal de Odontologia (CFO) se posiciona em sinal de alerta e pede para que as pessoas não comprem o produto sem a indicação de um cirurgião-dentista, pois prejudicam sua saúde bucal, muitas vezes sem recuperação.

Para o cirurgião-dentista Ricardo Cruz, presidente da Associação Brasileira de Ortodontia e Ortopedia Facial (ABOR) – que reúne ortodontistas de todo o País –, é preocupante o uso desses produtos por pessoas não habilitadas e sem a regulamentação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), pois a cola usada para fixar os aparelhos pode prejudicar o esmalte dos dentes e trazer lesões na mucosa da boca, além de causar problemas ao organismo, por se tratar da ingestão de um produto tóxico, “com o risco, inclusive, do uso de produtos cancerígenos, podendo causar retração na gengiva, perda óssea e lesões que levam à perda dos dentes”, diz Cruz.

Segundo levantamento da Anvisa, todos os produtos usados em tratamentos que entram em contato com o corpo humano devem ser regularizados na agência. De acordo com o mestre em Odontologia Legal, Malthus Galvão, pelo Código Penal, podemos cogitar o crime de “Lesão Corporal”, culposo ou até doloso, por dolo eventual, hipótese em que o autor assume o risco de produzir o resultado. No mesmo diploma legal, o crime de “Perigo para a vida ou saúde de outrem” também pode ser cometido.

Os jovens estão usando até cerdas de vassouras como fios para chamar atenção, pelas cores diferentes e, segundo os adolescentes, esses aparelhos coloridos representam um símbolo de ostentação, com isso, o que seria para corrigir problemas de fala e de dentição, entre outros, virou símbolo de poder econômico. No entanto, há o perigo do modismo se espalhar por todo o País, criando uma rede clandestina de venda e se instalando como um problema de saúde pública.

FONTE
Logo

POSTADO POR